segunda-feira, 13 de outubro de 2008



Gostar de alguém... quando ficamos com aquele ar asmático, aparvalhado, como se de repente deixasse de haver vascularização cerebral... e estáticos afundamos no olhar de alguém... quando o infinito é aquela pessoa... quando acreditamos sempre... e tudo parece apenas uma diástole sem consequências... é bombear o que faz sentido... sístoles rítmicas ou arrítmicas mas perfeitas... gostar de alguém...

4 comentários:

Maria Manuel Guerreiro disse...

Sobre 'amor' já não falo. Agora, espero que seja 'ele' a falar sobre mim...;)

Maguetas disse...

E vale sempre a pena, mesmo que dure apenas e somente um momento no tempo!

Anónimo disse...

Sei exactamente a que te referes quando usas a expressão "ficamos com aquele ar asmático..."... e é tão bom quando ficamos assim... é uma sorte, é uma benção...essa coisa de gostar de alguém...

Dora Osório disse...

Hoje sei exactamente o que é amor e paixão.
Já falámos sobre o assunto milhares de vezes.
Amor é tudo isso, mas também muita serenidade, protecção, cumplicidade.
Tenho o Amor que desejei. E é muito bom.