quarta-feira, 9 de julho de 2008



A cidade dos meus amigos é linda... Os dias não duram 24 horas nem as horas passam a correr quando nos encontramos... as feridas secam sem se saber como e a música dura... Sabemos, sem ser preciso dizer, aquelas coisas do sentir... e um abraço pode ser dado ou não, mas existe... Obrigada!

5 comentários:

Anónimo disse...

Que imagem tão terna. Ela diz tudo ou quase tudo.
Os abraços existirão sempre, porque não há longe, nem distância.
Obrigado por seres assim, por estares tão presente, por me amparares hoje na cidade dos teus amigos.
Beijo terno.
António.

Maria Pereira disse...

Obrigada, pelo convite até à cidade dos amigos. Não é preciso estar sempre presente, para sentirmos, pode ou não haver abraço, mas continuamos a sentir... mas, esse sentir só tem sentido se existir, e formos dando provas que ele existe!
Somos mais felizes quando conseguimos exteriorizar o que sentimos!...

Maguetas disse...

É felicidade pura, como chocolate a correr-nos nas veias, ter amigos que nos motivem a escrita doce de tais palavras!!! Abençoados sejam aqueles que estão sempre perto, embora longe...

Anónimo disse...

...e tu és daqueles amigos com quem nós sabemos que podemos sempre contar...obrigado por teres um coração tão grande!

youssef disse...

mas tu tinhas dúvidas?....
tss, tss...
não tenhas, miuda....
beijo
(uma cidade no mundo está sempre à tua disposição!....)