segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Gosto de ti todos os dias...
Quando te penso e quando não te penso...
Na leveza dos momentos felizes e até nos impossíveis...
Gosto do riso dos olhos que calam palavras,
do que fazes e do que deixas de fazer...
Gosto da multidão que és...
E sei que jamais conseguirei adormecer a certeza
de gostar de ti todos os dias que me faltam...

15 comentários:

Anónimo disse...

E eu... gosto tanto deste blog!
(e da autora também...)
Beijinhos

Anónimo disse...

de quem é que gostas assim?

Anónimo disse...

Deve ser bom, muito bom ser "gostado" assim por ti, querida Vocas.
Que sejas "gostada" de volta com a mesma intensidade e entrega.
:-)

Anónimo disse...

Tantos aviões pelo ar...estarão pilotados?

Anónimo disse...

Realmente o anónimo 3 tem razão.
Deve ser fantástico alguém gostar assim de nós...
E pelo que vejo ainda não puseste o comment filter... há sempre alguém mais tolinho a comentar...
Pergunto-me porque não escolhem outro tipo de blogues mais apropriados ao seu estilo... do género "www.piadasparatótós"
ou
"www.paraquemfingegostardeler"...
Afinal a blogosfera é um mundo tão vasto com blogues para todos os gostos... de certeza encontrariam algo mais do seu género.
Quanto a ti, balãozinho, continua a voar por entre as nuvens onde vais buscar estas palavras tão bonitas com que vestes os teus sentimentos. Que é por seres assim que as pessoas gostam de ti.
Filipa

Maguetas disse...

É verdade, qurida, estou com a Filipa...
Sou também autora de blog - congelado momentaneamente devido à incapacidade das pessoas de olharem para os textos como um encadeado de palavras em vez de recados para este ou aquele.
Pena que nem nos nossos próprios espaços podemos já viver livremente; realmente, se se perde a liberdade e individualidade virtuais, quais são as fronteiras?
Respeito... e aplausos.
Amo-te tátá

Anónimo disse...

"...e sei que não consigo adormecer a certeza de gostar de ti todos os dias que me faltam...

Isabel O. disse...

Olá
Cheguei aqui via Teresinha M.. O teu blogue está lindo, cheio de poesia e sensibilidade.
(Agora que a mana se foi de A., já não tenho ninguém para ir sabendo de vós)
Bom 2009
Isabel O./Belicó (não posso crer que meia cidade ainda se me refira por este nome!!...a caminho dos 50)

Anónimo disse...

Olá colibri! Bons tempos aqueles em que escrevias assim para mim e eu ficava de papo inchado...
Escreves cada vez melhor...

Dana disse...

Eu também amo assim...

***

Vap disse...

Lindíssimo!
Parabéns!
Vivido, sentido, ou nem por isso, o que importa é o que ficou escrito.

Ondinhas disse...

é isto que existe quando o coração nao tem limites nem impoe condições para amar...

2ora disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
2ora disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
2ora disse...

Lindo, lindo, lindo!
Que mais posso dizer? É maravilhoso, este post.
BeijinhOOOs