quinta-feira, 31 de março de 2011

Descanso em ti como uns pés numa cadeira. Amo o vento que te traz. Amo o som da tua voz e o teu cheiro na minha pele. Amo o colo que me dás e a luz da madrugada a entrar pela janela... Descanso em ti como uns pés numa cadeira. Repouso no teu olhar como se não houvesse amanhã. E cada dia que passa, com a lua na algibeira, invento-me no teu abraço, apaixonada e inteira.

4 comentários:

Anónimo disse...

Simplesmente lindo!
Beijos, Ricardo

Anónimo disse...

Divinal!

pedro disse...

Amei!! Ler

Rita Gouveia disse...

Amo-te do fundo do coração!!!
Como me revejo nas tuas palavras é uma coisa incrível!!!
Beijos grandes para uma GRANDE MULHER!!